Início AGENDA CULTURAL PROJETO “É PROIBIDO COCHILAR”
PROJETO “É PROIBIDO COCHILAR”

PROJETO “É PROIBIDO COCHILAR”

0
0

Projeto “É Proibido Cochilar” estreia com filme-documentário

cochilar2Com o nome sugestivo “É proibido cochilar”, o Complexo Cultural Club dos Diários\Theatro 4 de Setembro abre as ações artísticas e culturais da Casa,  neste janeiro de 2017, para projeto de exibição de filmes, no horário de meio dia, no Teatro “Torquato Neto”, com Entrada Franca. 

O Projeto “É Proibido Cochilar” vem com a boa perspectiva de ocupar esse horário com a linguagem de cinema, reativando a proposta capitaneada, no passado recente por Arnaldo Albuquerque, de criar o hábito de exibição de filmes para o público transeunte da hora, comerciários no horário de almoço, visitantes do Complexo e amantes  da sétima arte.

Para a reativação do  Projeto, com estreia nessa terça feira, 10 de janeiro, será exibido o filme-documentário “Retratos da Eficiência”, dirigido por Vítor Sampaio, com produção executiva de Denise Medeiros e edição final de Francinaldo Sousa e Vitor Sampaio. O filme mergulha numa estatística de São Gonçalo do Piauí, que está entre uma das cidades do estado, com maior índice de pessoas com deficiência. Até 2015 era o município com maior número de deficientes, mas perdeu este título para outra cidade.

Para chegar até o filme, conta  Denise Medeiros, tudo começou quando ela e Vítor Sampaio participaram de uma oficina de cinema, oferecida na Casa de Cultura de Teresina. Em seguida, criaram um grupo de cinema que se reunia na ABD Piauí. Dai começaram a garimpar editais de audiovisual, até que esbarraram no edital do BNDES. Na busca de definir o foco de trabalho, descobriram São Gonçalo do Piauí como a cidade, à época, com maior número de deficientes do Piauí. Inscreveram o Projeto em 2011, o resultado saiu no final de 2012 e começaram a executar o filme, que só foi finalizado em 2016.

Segundo Denise Medeiros, muita coisa concorreu para a demora da conclusão da fita. Os impedimentos foram desde o tempo das pessoas envolvidas, mulheres que engravidaram e a produção teve que esperar os nove meses de gravidez das participantes e até o desparecimento de pessoas queridas. “E ai foi acontecendo quando possível”, diz a produtora. “Houve no filme uma pessoa muito querida que morreu. O Manoel Machado, o Cego Machado, que morreu de câncer”, testemunha Denise. No filme estavam o “Cego Machado, sua esposa e um dos filhos dele”, finaliza Medeiros.

“Retratos de Eficiência” declara o lado mais humano das pessoas da cidade de São Gonçalo do Piauí e cotidianos de vivência simples, dentro das vidas espelhadas no exemplo de portadoras de necessidades especiais. O filme teve uma avant première em 07 de dezembro de 2016 e retorna agora para maiores exibições públicas.

Faz a reestreia, para convidados, amigos, imprensa e o público em potencial, dentro do Projeto “É Proibido Cochilar”, no dia 10 de janeiro (terça feira) e fica em temporada até sexta feira (13), sempre no horário de meio dia, no Teatro “Torquato Neto”, com Entrada Franca.

Serviço:

Projeto “É Proibido Cochilar”

estreia: 10 de janeiro

às 12 horas

no Teatro “Torquato Neto” 

com o filme “Retratos da Eficiência”

exibições mais, dias: 11, 12 e 13 de janeiro

Classificação Livre

Entrada Franca.

Informações: 3222 7100

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *